Endometriose: uma doença silenciosa.

 

endometriose-capa-1

 

 

Durante a minha época na faculdade de fisioterapia ouvi falar na endometriose porém apesar de ouvir falar dela durante meu curso eu nunca tinha visto ninguém com a tal doença tanto na clínica quanto no hospital do qual fiz estágio.

Eu sempre tive cólicas horríveis porém pra mim sempre foi tudo “normal“, todas as pessoas que eu comentava falavam que era normal, algumas mulheres tinham mais cólicas que as outras e por ignorância minha eu nunca comentei com o meu ginecologista sobre.Leia Mais

Afinal ser diferente é normal

Estômago embrulhado, sono quase o tempo todo, a vontade de ir ao banheiro de 5 em 5 minutos mas a menstruação não está atrasada “- ok eu não estou grávida, deve ser meu psicológico mesmo”.
Os dias passam, o “embrulho” continua e cada vez mais forte, os seios passam a doer de uma forma sem explicação, é tão real que dói até quando se tira o sutiã e vem aquele pensamento:”- será que estou grávida? A menstruação está ok, então ok eu não estou.”Leia Mais

Contando para os pais sobre a gravidez

Hoje é dia de falar de um assunto muito complicado, a reação dos pais com a notícia.
Eu realmente não sei como seria a minha reação, eu não sei se ficaria decepcionada com a minha filha, se a criticaria, se ficaria do lado dela, sei que todos nós criamos nossos filhos para que eles tenham uma vida tranquila, feliz e tenham uma família (tradicional), mas nem sempre é assim que acontece.
Lembro como fosse ontem tudo como aconteceu, eu fiquei com medo, passei três dias chorando, não sabia muito bem como começar a dizer que estava esperando um bebê, eu passei três noites em claro ensaiando o meu discurso e imaginando como seria a reação da minha mãe e do meu pai, o medo batia. Nesses três dias eu tentei até comentar, mas cada vez que pensava em dizer as palavras fugiam e eu começava a chorar meus pais primeiramente acharam que eu estava depressiva, mas depois perceberam que havia algo de errado.

Leia Mais

Emagrecendo no pós parto

Querido diário…

Sabe, eu fiquei muito preocupada com todo o peso que eu ganhei na gravidez da Alice, eu fiquei digamos que “depressiva” por isso, eu que nunca tinha sido muito magra porém engordei absurdos.
Ok muita gente disse era só barriga e etc mas pra mim me ver no espelho, com o quadril imenso, seios enormes não era só barriga .
Assim que eu ganhei a Alice e me vi no espelho sem a barriga eu não me reconheci. Foi muito estranho olhar no espelho e não ver a barriga imensa que eu tinha, como minha filha nasceu gordinha e eu tinha muito líquido eu sai do hospital com 9 kilos a menos, então quando vim para casa eu já tinha emagrecido “bem”.Leia Mais