Agendas cheias e corações vazios.

Não que eu deixei de acreditar nos sentimentos das pessoas mas a forma como grande maioria das pessoas levam uma relação se tornou tão patética que muitas vezes prefiro me manter na defensiva do que abrir portas para o amor.  Falo isso porque gosto muito de falar sobre relações que pessoas próximas, amorosas ou não, mas ao meu ver é um assunto que precisa ainda ser mais discutido.
Hoje em dia agendas se tornaram cheias dos famosos “contatinhos”, meio que um cardápio de pessoas que estão ali para serem escolhidas para uma programação a dois e provavelmente de um dia só, além da agenda, inúmeros aplicativos de encontros foram jogados ao mundo ultimamente, me desculpe a tamanha ignorância até mas se tornou um estilo de vitrine de pessoas para fazer “amor”.relações vaziasLeia Mais