A última carta de amor – Jojo Moyes





Livro: A última carta de Amor
Autor(a): Jojo Moyes
Gênero: Ficção
Páginas: 378
Editora: Intrínseca
Sinopse:
Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stiling não consegue se lembrar de nada. De volta a sua casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória da antiga vida. Por mais que todos ao seu redor pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando .
É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com o amante.
Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal que trabalha. 
Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas daquele amor proibido – em parte por estar ela mesmo envolvida com um homem casado – , Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas do próprio relacionamento.
Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

Resenha:
O livro começa nos apresentando primeiramente a Ellie, uma mulher bem sucedida em sua carreia que vive um pseudo romance com John, pseudo pois Ellie é amante de John.
A história entre eles é bem conturbada tendo em vista que ela é tipo de um escape e mesmo ela sabendo disso ela se apaixona e se apaixona em um nível no qual ela acha que o mundo dela é ele.
Ellie, que trabalha na área de Reportagens Especiais do jornal Nation , tem a missão de escrever uma matéria em comemoração a mudança de prédio e para isso sua chefe Melissa quer que ela escreva uma matéria baseada em reportagens antigas de 50 anos atrás, tendo como foco da matéria o que mudou no comportamento de mulheres a cinquenta anos atrás.
A pesquisa de Ellie então começa com a ajuda de Ruaridh um jovem rapaz que trabalha na biblioteca do jornal. Ruaridh separa arquivos para Ellie mas nada a chama atenção, até que em um canto escondido ela acha uma carta sem destinatário mas com um remetente dado como “B”, e enfim nossa querida e surpreendente história ganha corpo. 
O ano volta para 1960, Londres e somos apresentados a bela e doce Jennifer, ela sofreu um acidente, ficou em coma e ao acorda percebesse que ela teve perca da memória recente.
Jennifer é casada com um homem influente e rico de Londres porém mesmo com sua perda de memória é uma mulher infeliz ao lado dele e não entende o porque, ela tenta de todas as formas recuperar sua vida, no qual ela acha que era feliz com ele, em vão, seus melhores amigos são os melhores amigos de seu marido e sempre a vêem como uma mulher correta e uma esposa incrível. Em um dia comum , Jennifer acaba achando uma carta que lhe parece familiar, sente um calor e verdadeira euforia somente em a ler, porém sua memória não consegue se lembrar de quem era “B”. Ela então vai descobrindo cartas espalhadas pelas suas coisas, em lugares que teoricamente seu marido nunca encontraria e entra num busca implacável por “B”.
Começa achando que poderia ser o motorista do seu marido,marido de suas amigas e até mesmo um primo da sua amiga mais próxima e após esse último episódio que seu marido revela que sabia do caso dela mas que ele morreu no local do acidente com ela.
Durante grande parte do livro, o livro volta a história e conhecemos o famoso “B”, que na verdade se chama Anthony O´Hare, conta a forma como se apaixonaram e a forma como se perderam no tempo, através de uma última carta.
Jennifer recebia suas cartas através de uma caixa postal e mesmo após saber da morte do seu amor, manteve a caixa postal aberta numa tentativa de manter seu amor acesso.
Laurence acaba se envolvendo com sua secretária pessoa, totalmente submissa a ela, ela sabe do romance de Jennifer e sabe também que ela continuou recebendo cartas mesmo após o acidente,ou seja o Sr. “B” não faleceu no acidente, ela vai entregando as cartas a Laurence mas quando ele a joga no lixo, ela guarda para si.  Jennifer reencontra “B” após 4 anos, e o reconhece sem ele precisar dizer uma palavra, eles se olham e ela sabe que aquele homem que chegou era o seu amado, ela explica a ele o que aconteceu a ela e diz que achava que ele estava morto. Após uma tarde de amor, Anthony finalmente acha que Jennifer irá ficar na sua vida pela eternidade porém algo aconteceu nesses 4 anos, ela após saber da sua “pseudo” morte numa tentativa de viver a vida ao lado do seu marido engravida e diz que vai ficar com o marido.
Anthony iria fazer uma reportagem fora de Londres e sua história com ela teria chego ao fim.
Laurence ainda mantinha um affair com sua secretária mas como obra do destino, ele decide a trocá-la e sua vingança é entregando toda documentação que incrimina Laurence e as cartas que ele não entregou a Jennifer.
Jennifer então decide sair da casa de Laurence, chocando todos seus amigos e não revela as pessoas o motivo de deixar Laurence, tendo em vista que sair de casa para aquela época já era chocante, ela embarca numa busca por Anthony,sem sucesso.
Então se passam 40 anos e Ellie vai até a caixa postal e descobre que Jennifer permaneceu com a caixa postal aberta durante todos esses anos e resolve ir atrás dela saber da sua história.
Nesse meio tempo Ellie já se encontra desiludida com John e acaba se envolvendo com Ruaridh, mesmo negando ela acaba se apaixonando por ele, até que ele descobre essa relação dela com John e se afasta dela.
Ellie tenta encontrar Anthony, agora que o nome não se resume somente em “B” e mal ela sabia que um dos participantes centrais da sua busca estava mais perto do que ela imaginava, ela descobre que Anthony acabou não viajando e se manteve o tempo todo dentro do prédio, trabalhado na biblioteca do prédio, ele era amigo de Ruaridh e praticamente invisível para Ellie.
Ellie conta que achou a carta dentro de uma pasta e que conheceu Jennifer, os olhos dele que até então pareciam sem vida, ganham luz , ela acaba marcando um encontro entre Jennifer e Anthony após 40 anos e tudo volta com toda a intensidade de sempre, mesmo após tantos anos.
Após o sumiço de Ruaridh e ter participado indiretamente da história de Jennifer e Anthony , Ellie decide que é hora de dar um basta na história com John, o colocando contra a parede, ele então diz a ela que nunca pensou em largar da mulher para ficar com ela e finalmente ela larga essa história para viver seu romance com Ruaridh.

Conclusão:Os livros da Jojo são sempre intensos e cativantes mas essa história me prendeu de uma tal maneira que eu mesma não soube explicar.
Conseguia torcer pelos personagens, enxergá-los e quando citou a possível morte de Anthony, meus olhos se encheram de lágrimas.
A última carta de amor é uma livro comovente, sincero e apesar do adultério vemos que é um livro repleto de uma única palavra amor.
O amor que a gente tanto procura,que a gente tanto teme não viver, o amor que sobrevive o tempo assim como o deles, mesmo após 40 anos sem se tocarem, se verem e se falarem o amor deles permaneceu.
Todos os livros trazem uma lição que a gente leva para a nossa vida, e para mim a desse livro foi o que é verdadeiro nunca tem fim.
Para quem gosta de livros do gênero, vale muito a pena ler, a leitura é tranquila, gostosa e se torna rápida, pois você quer saber o que vai aconteceu com os personagens.
Sucesso.